Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rancosinho

Rancosinho é uma aldeia do concelho de Fornos de Algodres, distrito da Guarda.

07 de Abril, 2020

Evolução da População Residente no Concelho de Fornos de Algodres

publicado por Яitual

Evolução da População Residente no Concelho de Fornos de Algodres

Do ponto de vista demográfico, o Município de Fornos de Algodres tem-se comportado como a quase totalidade dos Municípios do interior do país, vamos ver a evolução da população residente no concelho de Fornos de Algodres.

Evolução da População Residente no Concelho de Fornos de Algodres

O Município de Fornos de Algodres vem registando importantes perdas de população. Como se pode verificar no Tabela 6 do gráfico abaixo, nos dois últimos recenseamentos gerais da população (2001/2011) Fornos de Algodres regista um decréscimo de 640 habitantes, seguindo a tendência do Distrito, onde a perda registada é de 19 036 habitantes. Esta redução verifica-se também no contexto da NUT Serra da Estrela (- 5 961), embora a nível da Zona Centro se registe, no mesmo período de tempo, um acréscimo populacional significativo (+ 535 799).

tabela_6.png

Fig17.png

Através da análise do gráfico da figura 17 e da Tabela 6 verificamos que o comportamento evolutivo do Município desde 1940 é marcado por um decréscimo contínuo da população na maior parte das freguesias que o compõem.

Na origem desta evolução da população residente no concelho de Fornos de Algodres esteve, sem dúvida, a intensidade de movimentos migratórios, tanto para o litoral, como para o estrangeiro, que na década de 60 afectaram toda a Beira Interior, mas actualmente, está também o envelhecimento da população, com o consequente decréscimo da natalidade e acréscimo da mortalidade, como veremos mais adiante.

É de salientar, no entanto, uma realidade importante, que se observa em alguns mas não em todos os municípios do interior, e que consiste na migração da população para a respectiva sede ou aglomerados próximos, como alternativa a uma deslocação para mais longe, no país ou no estrangeiro. Na verdade, a sede concelhia e as freguesias que dela se encontram mais próximas denotam uma inversão da tendência para a recessão demográfica verificada nas restantes freguesias do Município.

Assim, embora no decurso do período 1950 – 1991 se tenham registado grandes perdas populacionais praticamente em todas as freguesias (a de Infias, quase nada), a partir de 1970, e sobretudo de 1981, houve algumas que a viram aumentar, especialmente a de Fornos de Algodres e algumas que dela se encontram mais próximas (Infias e Juncais). Em 1981, mais de 25% dos efectivos residiam em Fornos de Algodres. Relativamente à década de 1991 – 2001, todas as freguesias perderam população, excepto a freguesia de Infias.

As maiores perdas sobre o período 1950-2001 registaram-se em freguesias relativamente distantes, para Norte ou para Sul, do eixo central do Município (Rio Mondego, IP5, EN 16): Sobral Pichorro (com perdas de mais de 60%), Vila Ruiva, Matança, Fuinhas, Muxagata, Maceira e Cortiçô.

De 2001 a 2011 a tendência assenta na diminuição da população em todas as freguesias que compõem o concelho de Fornos de Algodres. O decréscimo fez-se sentir mais nas freguesias de Algodres, Matança, Fornos de Algodres e Vila Soeiro Chão.

17_1.pngA freguesia-sede foi, pois, assumindo progressivamente maior peso na estrutura populacional do município, devido à sua importância económica (maior numero de empregos) e condições sociais, estabelecimentos de ensino, melhores índices de conforto habitacional, proximidade de um importante eixo rodoviário (IP5) e ferroviário (CP/linha da Beira Alta) de comunicação.

Esta realidade colocou ao Município a problemática da desigual distribuição humana ao nível do espaço e da “desertificação”, a médio prazo, de algumas freguesias tornando imperiosa a criação de incentivos à fixação das populações, de que são exemplo, a melhoria das condições habitacionais e o aumento da oferta de emprego.

Fonte: CMFA

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.